Nossa Fazenda

Proprietárias: Vania Maria Ferreira dos Santos e Valéria Maria Macoratti

Portal do Saber. Horta em mandala, cozinha saudável, trabalhos em permacultura, saneamento básico alternativo (fossa biodigestora, filtro biológico de águas cinzas, banheiro seco), sistema de captação de água de chuva, compostagem. Animais de estimação: gatos, cachorros, jumentos, coelhos, galinhas, ganso

Especialidade culinária

Alimentação vegetariana e vegana.
Caponata de coração de banana, pães, bolos e patês feitos com alimentos e ervas orgânicas e agroecológicas. PANCs (plantas alimentícias não convencionais). Doces e salgados feitos com cambuci e palmito jussara.

Sugestão de atividades

Realização de minitrilha, visita à horta com análise da técnica de mandala, plantio. Oficina de pintura com tinta de terra. Estudo do meio. Reflexões acerca das diferenças entre o urbano e rural.

Senta que lá vem a história

Em 2007, Vania e Valéria mudaram-se para a chácara Nossa Fazenda com o principal objetivo de cuidar dos seus 15 cães. Atualmente, elas cuidam de mais de 60 cães resgatados das ruas, 20 gatos, 5 coelhos, 4 jumentos, galinhas e gansos. Elas mantêm outra pequena propriedade onde ficam os cães.

Ao chegarem a Parelheiros, por curiosidade, conheceram os agricultores locais e foram participar dos cursos de agricultura orgânica e biodinâmica – financiados pelo projeto FEMA. Na sequência, Valéria acabou ganhando uma bolsa de estudos para cursar agricultura biodinâmica em Botucatu –  SP.

Vania e Valéria também participaram da fundação da Cooperapas (Cooperativa Agroecológica dos Produtores Rurais e de Água Limpa da Região Sul de São Paulo), hoje reconhecidamente forte e relevante na cidade de São Paulo. Valéria é a atual presidente da Cooperapas e dá palestras acerca de agricultura orgânica e agroecológica familiar por toda a cidade.

Vania, cozinheira de mão cheia, cuida com muito zelo da alimentação saudável dos visitantes.

O nome inicial da propriedade era Minha Fazenda. Mas, com o passar do tempo, perdeu-se o sentido de enxergar o lugar  como “minha” e elas alteraram o nome para Nossa Fazenda – para que todos se sintam pertencentes ao espaço de aprendizagem e compartilhamento.

Vania e Valéria já trabalhavam recebendo escolas, grupos e amigos que desejavam conhecer a agricultura na cidade e o modo de vida na roça. Ao integrarem o projeto de agroturismo Acolhendo em Parelheiros, seus sonhos ganharam um novo sentido e impulso e foram surgindo boas ideias. Uma das boas ideias foi criar o Portal do Saber na chácara. Espaço direcionado para troca de experiências, cursos,  workshops, vivências e treinamentos.

Além disso, elas implantaram o sistema de Permacultura com saneamento básico alternativo com fossa biodigestora, filtro biológico de águas cinzas, banheiro seco. Além de sistema para captação de água de chuva e da horta em mandala.

Vania, cozinheira de mão cheia, cuida com muito zelo da alimentação saudável dos visitantes. Ela é cozinheira profissional do Amara – projeto de empreendedorismo social solidário em Parelheiros.

O propósito de todo esse trabalho é transformar Nossa Fazenda em um lar acolhedor, totalmente autossustentável e aberto a todos que queiram conhecer e vivenciar o modo orgânico e agroecológico de vida.

IMG_6846
IMG_6865
IMG_6875
IMG_6883
IMG_6643
IMG_6644
IMG_6649
IMG_6656
IMG_6657
IMG_6658
IMG_6661
IMG_6665
IMG_6667
IMG_6672
IMG_6705
IMG_6710
IMG_6716
IMG_6727
IMG_6741
IMG_6743
IMG_6744
IMG_6776
IMG_6779
IMG_6784
IMG_6786

Onde

Rua sem nome, 10, Bairro Chácara Santo Amaro, Parelheiros, São Paulo – SP. Rua de referência: rua Kayo Okamoto, CEP 04875-000.

Dados físicos

Distância do Marco Zero na Praça da Sé: 40 km.
Tamanho da propriedade: 4 mil metros quadrados.

Como chegar de carro

Seguir pela avenida Teotônio Vilela, até o terminal Varginha. Entrar à esquerda, sentido Jardim Varginha. Na avenida Paulo Guilguer Reimberg começa parte da rua de terra. Seguir cerca de 7 km  até o Bar do Nei (número 9940 ). Esse bar faz esquina com a rua Kayo Okamoto. Entrar nessa rua, seguir cerca de  800 metros, entrar na primeira travessa à esquerda, n° 10, referência: Bar dos Corintianos.

Como chegar de transporte público

Pegar Linha 9 Esmeralda da CPTM. Descer no terminal Grajaú. Nesse terminal pegar o ônibus até o terminal Varginha. No terminal Varginha pegar o ônibus Chácara Santo Amaro. Descer no ponto de ônibus em frente à Escola Hermínio Sachetta. Na esquina, subir ,a pé ,800 metros da rua Kayo Okamoto. Entrar na primeira à esquerda, onde tem o Bar dos Corintianos, caminhar até o número 10.

Como chegar com ônibus de excursão

Estacionar o ônibus na rua Kayo Okamoto e fazer a pé o resto do percurso. Na rua da propriedade, entram carros e vans.